Você está na Loja do Linguativa Cursos on-line, seja bem-vindo!

Cadastre-se

Ofertas exclusivas no seu e-mail

Assinatura

Passe o mouse e veja mais detalhes

PORTUGUÊS: 8 CURSOS COMPLETOS – Prof. João Batista Gomes (Plano ANUAL)

R$197,00
0x de R$0,00 sem juros
Ver detalhes das parcelas

Formas de pagamento

Detalhes do produto

8 CURSOS COMPLETOS DE PORTUGUÊS ON-LINE 

PROF. JOÃO BATISTA GOMES

Conteúdo EXCLUSIVO – PRINCIPAIS TÓPICOS para CONCURSOS e VESTIBULARES

O conteúdo inclui TRÊS CURSOS DE PORTUGUÊS BÁSICO + CINCO CURSOS COMPLETOS: FCC, CESPE, ESAF, FGV e CONVEST / UFAM

***Aula demonstrativas***

 

PROMOÇÃO DE FÉRIAS: Assine até 30 de julho de 2016 e ganhe um Bônus : Curso em videoaulas PORTUGUÊS JURÍDICO. 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO PORTUGUÊS  BÁSICO

Conteúdo 1:   Compreensão textual

Conteúdo 2:   Ortografia

Conteúdo 3:   Semântica

Conteúdo 4:   Morfologia

Conteúdo 5:   Sintaxe

Conteúdo 6:   Pontuação

Conteúdo 7:   Falácias Argumentativas

Conteúdo 8:   Redação Oficial

PORTUGUÊS BÁSICO I

ORAÇÕES COORDENADAS

9 videoaulas

AULA 1:

1.    Parágrafo:

a)  Definição

b)  Símbolo (§)

c) Função

d) Pontuação

e)  Exemplos

2.    Frase

a) Nominal

b) Oracional: oração (com verbo)

3.    Variedades de frase

a) Com uma palavra

b) Com duas ou mais palavras

c) Com verbo

d)  Interrogativa

e) Afirmativa

f)   Negativa

g) Exclamativa

h) Imperativa

AULA 2:

1.    Leitura morfológica (análise de frases).

2.    Leitura sintática (análise de frases).

3.    MAIS:

a)  Advérbio (ao lado de verbo ou de adjetivo).

b)  Pronome indefinido (ao lado de substantivo ou de outro pronome).

 

4.    ME:

a)  “me” = “a mim”: objeto direto.

b)  “me” = “a mim”: objeto indireto.

c)  “me” = “sem sinônimo”: pronome que integra o verbo (PIV).

d)  “me” = “meu”, “minha” (ideia de posse): adjunto adnominal.

5.    QUE = QUAL:

a)  Pronome relativo.

b)  Inicia oração subordinada adjetiva.

c)  Representa um substantivo ou um pronome anterior.

6.    Ideia de CONCESSÃO: embora, conquanto, apesar de, não obstante.

AULA 3:

1.    Período

a)  Definição

b)  Pontuação

c)  Classificação (simples / composto)

2.    Locução verbal

a)  Definição

b)  Finalidade

c)  Lista de verbos auxiliares (ser, estar, ficar, parecer, continuar, dever, ir, poder, ter, haver)

d)  “ser” + “particípio” = voz passiva analítica

3.    Classificação das orações coordenadas

a)  Aditivas              e, nem, não ... mas também

b)  Adversativas      mas, porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto

c)  Explicativas        pois, que, porque

d)  Conclusivas       pois, portanto

e)  Alternativas        ou, ou... ou, ora... ora, quer... quer, já... já

AULA 4:

1.    Leitura morfológica / sintática

2.    Derivação imprópria

a)  Verbo / substantivo.

b)  Adjetivo / substantivo.

 

3.    Zeugma na coordenação

a)  Vírgula no lugar do verbo.

b)  Ponto e vírgula entre as orações coordenadas.

4.    Que = conjunção integrante

a)  Período composto por subordinação.

b)  Oração subordinada substantiva.

5.    Partícula expletiva / de realce / de reforço

a)  Que.

b)  Verbo ser.

c)  Expressão “é que”.

AULA 5: orações coordenadas ADITIVAS

1.    Semântica:

Soma, adição

2.    Sistema de coordenação:

Vírgula, conjunções coordenativas.

 

3.    Conjunções coordenativas aditivas:

a)  “e

b)  “nem

c)  “não só... mas também

4.    Pontuação com a conjunção “e”:

a)  “e” = “mas”: vírgula obrigatória.

b)  Orações com sujeitos diferentes: vírgula obrigatória.

c)  Orações com o mesmo sujeito: sem vírgula.

5.    Pleonasmo estilístico

AULA 6: orações coordenadas ADVERSATIVAS

1.    Semântica: adversidade, oposição, contradição.

2.    Sistema de coordenação: vírgula, ponto e vírgula e conjunções coordenativas.

3.    Conjunções coordenativas adversativas:

a)  “mas”: só pode ser usada no início da oração.

b)  “porém, todavia, contudo, entretanto, no entanto”: podem ser usadas no início, no meio e no fim da oração.

 

4.    Pontuação com as conjunções adversativas:

a)  Início: uma vírgula antes; ponto e vírgula entre as orações.

b)  Meio: duas vírgulas para isolar a conjunção intercalada; ponto e vírgula entre as orações.

c)  Fim: uma vírgula antes da conjunção deslocada; ponto e vírgula entre as orações.

5.    Polissíndeto: repetição de conjunções.

AULA 7: orações coordenadas EXPLICATIVAS

1.    Semântica: explicação, confirmação.

2.    Sistema de coordenação: vírgula, ponto e vírgula e conjunções coor­dena­tivas explicativas.

3.    Conjunções coordenativas explicativas:

a)  “pois”: só podem ser usados no início da oração.

b)  “que / porque”: só podem ser usados no início da oração; o verbo da oração assindética deve vir no imperativo.

4.    Pontuação com as conjunções explicativas:

a)  Início: uma vírgula antes; sem vírgula depois da conjunção.

b)  Início: ponto; recomeço com letra maiúscula (dois períodos simples).

AULA 8: orações coordenadas CONCLUSIVAS

1.    Semântica: conclusão, consequência.

2.    Sistema de coordenação: vírgula, ponto e vírgula e conjunções coordenativas conclusivas.

3.    Conjunções coordenativas conclusivas:

a)  “pois”: intercalado.

b)  “portanto / por isso / assim / por conseguinte”: podem ser usadas no início, no meio e no fim da oração.

c)  “logo”: só pode ser usado no início da oração.

4.    Pontuação com as conjunções conclusivas:

a)  Início: uma vírgula antes; sem vírgula depois da conjunção.

b)  Meio: duas vírgulas obrigatórias; ponto e vírgula entre as orações.

c)  Fim: uma vírgula antes da conjunção; ponto e vírgula entre as orações.

AULA 9: orações coordenadas ALTERNATIVAS

1.    Semântica: alternância.

2.    Sistema de coordenação: vírgula e conjunções coordenativas alter­nativas.

3.    Conjunções coordenativas ALTERNATIVAS:

a)  “ou / ou... ou”: alternância, adição e exclusão.

b)  “nem... nem / ora... ora / quer... quer / já... já / seja... seja”: alternância (sempre repetidas).

4.    Pontuação com as conjunções ALTERNATIVAS:

a)  Ligando orações: vírgula obrigatória.

b)  Ligando palavras ou expressões da mesma oração: vírgula facultativa.

 

 

PORTUGUÊS BÁSICO II

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO

SUJEITO E PREDICADO

10 videoaulas

AULA 1: SUJEITO: definições / representações

1.    Definições de sujeito:

a)  Elemento que pratica a ação verbal (voz ativa)

b)  Elemento que sofre a ação verbal (voz passiva)

c)  Elemento sobre o qual se declara alguma coisa.

d)  Termo com o qual o verbo tem de concordar.

e)  Termo que pode ser substituído por um pronome (pessoal / demonstrativo).

2.    Representações do sujeito:

a)  Substantivo simples.

b)  Substantivo composto.

c)  Substantivo derivado (derivação imprópria).

d)  Pronome (pessoal, demonstrativo, indefinido, relativo).

e)  Oração (sujeito oracional = oração substantiva subjetiva).

f)   Numeral simples.

g)  Numeral coletivo.

AULA 2:

1.    Haver = fazer (tempo passado):

a)  Verbos impessoais.

b)  Sujeito inexistente.

c)  Transitivos diretos.

2.    Que = qual

a)  Pronome relativo.

b)  Oração subordinada adjetiva.

3.    É que = partícula expletiva / de realce / de reforço.

4.    Coordenação:

a)  de palavras.

b)  de orações (orações coordenadas).

5.    Sujeito oracional: acontecer, caber, convir, custar, ocorrer, ser.

6.    Pleonasmo:

a)  vicioso (erro).

b)  estilístico (reforço, ênfase, qualidade da frase).

AULA 3:

1.    SUJEITO SIMPLES

a)  Definição.

b)  Núcleo (substantivo / pronome) no singular.

c)  Núcleo (substantivo / pronome) no plural.

d)  Numeral no singular.

e)  Numeral no singular e adjunto adnominal no plural.

 f)  Sujeito simples oracional.

2.    SUJEITO COMPOSTO

a)  Representado por substantivos (anteposto / posposto).

b)  Representado por pronomes (anteposto / posposto).

c)  Representado por palavras substantivadas (anteposto / posposto).

d)  Representado por orações (anteposto / posposto).

AULA 4:

1.    LEITURA e INTERPRETAÇÃO (Canção do Exílio, de Murilo Mendes)

2.    SUJEITO SIMPLES

a)  Representado pum um substantivo.

b)  Representado pelo relativo “que”.

3.    ACENTO DIFERENCIAL MORFOLÓGICO

a)  Ele tem / contém / detém / retém

b)  Ele têm / contêm / detêm / retêm

4.    ZEUGMA / ELIPSE

5.         SUJEITO / ADJUNTOS ADNOMINAIS

6.         SUJEITO COMPOSTO ORACIONAL

AULA 5: SUJEITO INDETERMINADO

1.    Verbo na terceira pessoa do plural (eles, elas, vocês).

2.    Sujeito oculto (eu, tu, ele, nós e vós).

3.    SE + verbo transitivo indireto = sujeito indeterminado.

se + verbo + preposição                                                                                 

Precisa-se de pedreiros.

4.    SE + verbo intransitivo = sujeito indeterminado.

se + verbo + adjunto adverbial           

Viaja-se pelo interior.

5.    SE + verbo de ligação = sujeito indeterminado.

se + verbo + predicativo

Fica-se triste no inverno.

AULA 6:

1.    Sujeito ANTEPOSTO / POSPOSTO

2.    Ordem DIRETA / INVERSA

3.    Verbo HAVER (sujeito inexistente)

4.    Sujeito OCULTO / ELÍPTICO / DESINENCIAL

5.    Análise de frases com HAVER / EXISTIR

6.    Análise da frase “Ouviram do Ipiranga as margens plácidas”

 

AULA 7: SUJEITO INEXISTENTE I

1.    Verbos que indicam fenômenos da natureza:

a)  sentido denotativo:

     verbo impessoal / sujeito inexistente.

b)  sentido conotativo:

     verbo pessoal / sujeito simples/composto.

2.    Verbo FAZER = TEMPO PASSADO / TEMPERATURA:

a)  impessoal.

b)  sujeito inexistente.

c)  transitivo direto (acompanhado de OD).

d)  terceira pessoa do singular.

e)  “que” = partícula expletiva.

f)   “fazer” + “atrás” = pleonasmo vicioso.

AULA 8: SUJEITO INEXISTENTE II (verbo HAVER)

1.    HAVER = EXISTIR

a) Verbo impessoal.

b)  Sujeito inexistente.

c)  Concordância: terceira pessoa do singular.

d)  Regência: VTD – sempre acompanhado de OD (sem preposição).

2.    HAVER = TEMPO PASSADO

a) Verbo impessoal.

b)  Sujeito inexistente.

c)  Concordância: terceira pessoa do singular.

d)  Regência: VTD – sempre acompanhado de OD (sem preposição).

e)  “que” = partícula expletiva.

f)   “atrás” (advérbio) = pleonasmo vicioso.

AULA 9: SUJEITO INEXISTENTE III (verbo SER)

1.    SER = TEMPO

a) Verbo impessoal.

b)  Sujeito inexistente.

c)  Concordância com o PREDICATIVO.

2.    SER = DATA

a) Verbo impessoal.

b)  Sujeito inexistente.

c)  Concordância com o PREDICATIVO.

3.    SER = DISTÂNCIA

a) Verbo impessoal.

b)  Sujeito inexistente.

c)  Concordância com o PREDICATIVO.

AULA 10: TESTES

1.    HAVER (impessoal) / EXISTIR (pessoal)

2.    HAVER = FAZER (impessoais)

3.    VTD + SE (voz passiva)

4.    VTI + SE (sujeito indeterminado)

FRASES ANALISADAS (morfologia e sintaxe): 132

TESTES COM RESPOSTAS: 87

 

PORTUGUÊS BÁSICO III

TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO

9 videoaulas

Aula 1:  OBJETO DIRETO

                 1.  Definição

                2.  Representações do objeto direto:

                      a) Substantivo

                      b) Pronome átono

                      c) Oração substantiva desenvolvida

                      d) Oração substantiva reduzida

                3.  OD x Sujeito

Aula 2:  APLICAÇÕES

                1.  TEXTO

                2.  5 questões (tópicos gramaticais variados)

Aula 3:  OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO

                 CASO 1

     OD = pronome oblíquo tônico (preposição obrigatória).

                 CASO 2

     AMBIGUIDADE (preposição obrigatória)

                 CASO 3

     PRONOME RELATIVO QUEM (preposição obrigatória)

CASO 4

     PRONOMES INDEFINIDOS(preposição facultativa)

CASO 5

     IDEIA DE RECIPROCIDADE (preposição obrigatória)

Aula 4:  OBJETO DIRETO = PRONOMES ÁTONOS

                 VTD + O, A, OS, AS

     VTD + LO, LA,LOS,LAS

VTD + NO, NA, NOS, NAS

Aula 5:  OBJETO DIRETO X SUJEITO

                 VTD + SE = SUJEITO

                 Voz passiva sintética X voz ativa X voz passiva analítica

     VTDI + SE = SUJEITO

                 Voz passiva sintética X voz ativa X voz passiva analítica

Aula 6:  OBJETO DIRETO PLEONÁSTICO

                 Pleonasmo estilístico X Pleonasmo vicioso

                 OBJETO DIRETO INTERNO

     VTDI + SE = SUJEITO

                 Questões (2)

Aula 7:  OBJETO DIRETO ORACIONAL

                 Oração subordinada substantiva objetiva direta

                a)  Desenvolvida.

  1. Reduzida.

                 Questões (3)

Aula 8:  OBJETO INDIRETO

                 Definição

                 Assistir

                 Aspirar

                 Visar

                 Questões (3)

Aula 9:  OBJETO INDIRETO = PRONOMES ÁTONOS / TÔNICOS

                 LHE, LHES

                 ME, TE, SE, NOS, VOS

                 SI, CONSIGO; MIM, COMIGO; TI, CONTIGO

Aula 10: VTI + SE

  1. Sujeito indeterminado.
  2. Voz ativa.
  3. Se: pronome que indetermina o sujeito (PIS).
  4. Verbo na terceira pessoa do singular.